7.4.09

anjos de pelo, pele e osso.

MARLEY & ME

hoje eu dei GRACAS A DEUS que nao assisti MARLEY & ME no cinema.

nao por nada... eu ja tinha lido o livro ha uns dois anos atras, tinha amado, chorado rios, mas algumas pessoas me desencorajavam de assisti- lo no cinema.

o que eu mais ouvia? "magina... isso eh filminho "agua com acucar", espere no dvd!"

e nao eh que eu esperei?

hoje, em um ato muito mais do que retardatario, acabo de assistir o filme de um dos livros que eu mais gostei de ter lido, que eu mais 'participei' da historia, que eu mais chorei... e posso falar, que diferente de muitos outros livros que viram filme, este nao me decepcionou NEM UM POUCO.

e se hoje dei GRACAS A DEUS por nao ter ido ao cinema assistir MARLEY & ME eh porque pelo menos 'poupei' as outras pessoas de ver um choro tao desesperado.

nao, nao estou de TPM. o filme, assim como o livro, me tocou mesmo.

se voce nunca teve um animal, nem leia o que escrevi. pensara que tudo aqui eh BULLSHIT.

que animais soh servem para 'guardar' a casa, entreter as criancas por alguns minutos, passar o tempo... esqueca. nao leia e MUITO MENOS assista ao filme.

agora se voce pensa que os animais sao anjinhos que foram mandados para alegrar nossas casas, ouvir nossos segredos, passar por todas as dificuldades com a gente, ser maltratado e ainda estar la, de rabinhos abanando...

se voce pensa que eles entendem o que estamos passando, que eles te amam e estao la, para voce, para o que precisar... assista ao filme, leia o livro, leia um pouco da minah historia.

******************************************

MY ANIMALS & ME

a minha historia com animais 'vem de longa data'.

obvio que nao lembro muitos detalhes. mas as fotos amarelas, reveladas de uns 18 anos atras para ca, mostram um pouquinho do que os animais representaram na minha infancia e representam ate agora.

lembro CLARAMENTE de uma foto no jardim. eu, a lan e dois gatos: eu estava segurando o WHITE na mao e a elaine estava segurando a NINHA, tao lindos. eu nem tinha dentes e ja sabia do amor que tinha por estes seres mais do que iluminados. o primeiro tao brincalhao, que tirava toda a terra dos vasos e a segunda toda pomposa, uma lady.

lembro das diversas fotos que tirei da LORY, gordissima. cachorra mais fofa aquela... era poodle, mas diferente de muitos outros da mesma raca, era esperta e companheira. minha mae a tratava como uma lady, mesmo ela sendo a mais maloqueira de todas as cachorras que ja vi.

lembro das fotos que tirava do meu gato mais timido, o CHIQUINHO. ele nunca foi fa dos flashs. fugia, mudava de pose... mas eu nunca desisti.

lembro das inumeras fotos que tirei do BORIS. este se nao foi o gato mais fotografado deste mundo, foi um dos mais. isso porque, alem dele gostar dos flashs e ser fotogenico, estava sempre 'em volta' da familia.

e ate lembro das fotos que tirei da BELINHA, coitada... nunca dei muita atencao para ela, ja que eh a cachorra da minha mae e da dani, mas ela tambem esta no hall dos animais inesqueciveis que fizeram parte da minha vida, com certeza.

alem dos 'meus' animais: NINHA, WHITE, LORY, CHIQUINHO, BELA e CHICO, o meu amor por animais sempre foi alem.

alias, nao soh o meu, mas o da minha familia.

nao eh a toa que os vizinhos 'jogavam' animais que eles nao queria mais em nossas portas... todo mundo sabia que iriamos cuidar e achar um lar para os coitados. nao eh a toa que eu e minha irma pegavamos os gatos nas ruas, alimentavamos e encontravamos uma nova familia para eles darem alegria. nao eh a toa que eu era tachada de louca quando beijava qualquer gato estranho na rua, em qualquer lugar. nao eh a toa que tatuei dois gatos em meus ombros e aminha irma tatuou um gato no peh. nao eh a toa que escolhi uma ONG de animais abandonados para o meu trabalho de assessoria de imprensa na faculdade. nao eh a toa que a minha mae era assim tambem, na infancia dela... ou ate um pouco pior.

hoje, antes de assistir marley, recebi um email breve da dani que soh dizia isso: O CHICO ESTA INTERNADO.

nao preciso falar o quanto chorei ate dar tempo de eu ir comprar um cartao e falar com a minha irma para saber das noticias do meu filhinho, neh?

comentei com ela como eramos SEM SORTE... como poderiamos 'perder' todos animais em formas tao tragicas?

o WHITE foi atropelado, ainda jovem, em frente a minha casa. a LORY viveu 8 aninhos. era cheia de vida, explorava o que podia e nao podia e, em uma destas 'exploracoes' tomou xixi de rato e morreu de leptospirose. a NINHA viveu 12 anos. ate o fim da vida ela foi linda e pomposa... ate o dia em que uma pessoa ESTUPIDA deu pauladas em nossa joia mais preciosa. o BORIS era o gato mais alegre e companheiro que ja pode existir... todo mundo, ate quem nao gostava de gatos, amava aquela coisa fofa. porem, a alegria dele foi 'de repente'. esperou tres meses depois que eu 'parti' e partiu tambem, ainda jovem.

agora 'temos' o chiquinho e a belinha. ele esta ficando velhinho, com aqueles problemas aqui e ali e ela tambem tem tido umas complicacoes...

e agora, o que pensar? que somos sem sorte com animais? que nunca mais queremos ter, pois eles 'vao' antes do que a gente?

era o que eu pensava, mas acho que talvez seja melhor olhar por outro angulo.

hoje, quando olho para tras, nas fotos ou na memoria, vejo o quanto cada um destes animais foram especiais para mim. cada um com sua personalidade, com sua beleza, sua fidelidade. cada um ocupou um espaco diferente no coracao de cada integrante da minha 'grande familia'.

ate meu pai, que no comeco 'detestava' animais, chamava o boris e o chiquinho para deitar com ele em um domingo a tarde. e eu ainda lembro a frase: "vem ca com o vovo, vem..."

nunca me esqueco do dia em que o boris me seguiu ate o ponto de onibus. ninguem acha que isso eh possivel. um gato fiel? mas sim, posso dizer que este gato ja fez isso e mais um pouco.

nao esqueco do dia em que a lory comeu o bolo de aniversario e deixou todos atonitos.

nao me esqueco do dia em que "pegamos" a ninha. eu tinha uns 7 anos de idade e lembro que escolhemos a mais bravinha, a dona do territorio(e tambem a dona da beleza). costumavamos dizer que ela tinha a personalidade parecida com a da elaine. haaa!

tenho tantas e tantas memorias dos meus babies que ficaria aqui escrevendo dia e noite.

mas mesmo assim hoje, depois de dar o meu adeus ao white, que nao sobreviveu a possivel cirurgia pos-acidente;

a ninha, que mesmo inconsciente depois de ter levado tantas pauladas, levantou a cabecinha e 'deu adeus' para mim e para a lan, na mesma maca que ela fecharia os olhos horas depois;

ao boris, que mesmo nao sabendo, dei meu adeus antes de pegar o aviao para comecar uma outra rotina, sem ele...

a lory, que foi mais doloroso pois foi dividido entre os dias que ela sofria, dormindo ao lado da cama dos meus pais, que nao tiravam o olho de cada respiracao diferente. nao me esqueco do dia em que a minha mae me levou para a escola e nao trocamos nenhuma palavra. quando chegamos, ela me deu um beijo, falou que a lory morreu e comecou a chorar. minha mae nao queria que eu sofresse de novo e desse adeus a mais um animal. mas mal sabia ela que eu ja estava me despedindo da lory ha dias... hoje, mesmo depois de tantos adeus, nao me sinto nenhum pouco preparada para uma proxima perda.

porem, ao inves de pensar que somos uma familia sem sorte para animais, repenso e reformulo a frase, com outro sentido: "como fomos e somos uma familia COM SORTE para animais." quantas lembrancas, quantas risadas, fotos... quantas coisas boas estes pequenos seres nos proporcionaram.

assim como diz no livro/filme marley &me, que eh baseado em uma historia real, os animais nao querem coisas, soh o seu coracao.

e assim que voce da o seu, ele entrega o dele.

nao importa o que vem em frente, ele estara com voce.

talvez o coracao dele 'pare' antes que o seu. voce nao podera mais toca-lo, fazer carinho, brincar...

porem o amor, que eh substantivo abstrato, estara la, de alguma forma.



******************************************

MARLEY & YOU

ja havia escrito do filme aqui.

interessou? trailer aqui.

6 comentários:

lan disse...

awwwwwww q lindooooo xuxu!!!
Ameiiii palavrinha por palavrinha :-)
Preciso achar o poema q fiz p ninha!!!
Bjaoooo amo vc amore!

Anônimo disse...

q blz...
é vc soube descrever td certinho, exatamente como foi.
mas de todos os animais, acho q o pior fim foi o da ninha, n merecia ser daquela forma.
Sobre o filme, juro q tentei ver, mas n tive paciencia suficiente, achei ruim demais.
beijos

kleber

mari disse...

brigadon lannnn, eh de coracion!

ai bola... vc nao tem jeito mesmo, neh???

mas te perdoo porque sei que tambem amou muito nossos animais!

nao me esqueco do dia que vc bateu nos meninos da rua que jogaram pedra na NI;)heheh

bjokas, amo vcs.

Carol disse...

Amore, concordo com a Elaine, LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO oq vc escreveu! Escreveu com coração. E eu faço parte de algumas dessas fases com animais. Dos filhotes da Lory, q davamos banho e passavamos alcool perfumado, rs, do gato "zet" da ninha.. rs, do bóris, do chico, da ninha, da Lory, da Bela... vi todos eles. e Ganhei umm mimi de vc, dia 16 de Abril fará 9 anos q ela está conosco. e graças a vc e a Lan, rs. Cont. linda, magra...
Tdo oq vc disse é verdade, oq eles querm é apnas nosso carinho, nossa atenção, eles sabem qdo estamos doentes, qdo chegamos em casa (nos espera na porta), atende ao meu chamado, amo mto minha filhota, mto obriagada!
Super beijos,
Amo-te mto!!!!!!!
=)

mari disse...

ai carola.. adoooooro que vc vai 'mais alem' nas lembrancas do que eu mesma:)

gato zetty foi ooootemo!ihihih

e sabe o que acabei de lembrar? do parto da loloh, que filmamos e voce quase desmaiou! hahahah

fico MUITO feliz de ter estregado a mimi na sua casita... ela nao teria casa melhor parar morar, neh? eh PRATICAMENTE uma rainha;)

carolas... obrigado mais uma vez por dividir todos os momentos comigo amoree:)

ate jaja sis!

thalita! disse...

nunca tive animais, mas eu gosto dos bichinhos das minhas amigas, apesar deles me causarem altas alergias e tudo mais, hehehe.
Mas um dia eu ainda vou ter um gato antialérgico!