20.6.09

Para você, MAMIS!



A melhor mãe do mundo é MINHA.

Aposto que QUALQUER um que ler este título sacudirá a cabeça e pensará: “A melhor mãe do mundo é MINHA, não sua!” E quem venceria em uma discussão destas? Que mãe ganharia o título de melhor do mundo? A minha, que fez e continuará fazendo qualquer coisa para ver a minha felicidade? A sua, que conseguiu guardar aquele segredo ? A dele, que contou uma “mentirinha branca” para salvá- lo? A dela, que passou por cima dos próprios princípios para protegê- la? Já percebeu que as mães fazem de tudo, qualquer sacrifício, APENAS para ver a felicidade dos filhos? Partindo deste princípio, qual sacrifício seria maior? Qual seria a mãe escolhida para subir ao pódio, segurar o troféu e abrir uma champagne, celebrando a propria importância? E para quem ela ofereceria o prêmio? Pra quem ela daria o primeiro gole de champagne? Ela dividiria em “partes iguais”, para você e seus irmãos? Felizmente, você não precisa ser um gênio para saber responder cada uma destas perguntas, certo? Pelo menos eu, que estou longe de qualquer genialidade, sei que a melhor mãe do mundo é minha. Ela ganharia este prêmio FÁCIL. Ela subiria ao pódio, diria que não seria nada se nao fosse por nós mesmos, seus filhos. Diria que não saberia o que seria sem a nossa vida. Diria que vivia para a gente. Diria que a felicidade dela era possibilitada quando via felicidade em nossos rostos. Ela daria um gole de champagne para cada um de nós e, só depois de cada um dos cinco tomar, ela veria se havia sobrado algo. E se não houvesse, ela ficaria feliz por ter conseguido dividir a felicidade com a gente. E o que voce me diz? Ainda acha que sua mãe é páreo para a minha? Ela faria tudo isso? Ela vive para você?

Segundo o dicionário, a palavra mãe é um substantivo feminino que representa a mulher que deu a luz a um ser, figura de mulher dedicada, fonte de origem. Segundo filhos, a palavra mãe tambem é um adjetivo, é algo muito mais complexo. Quer exemplos?

“Gostinho de comida de mãe”(analogia a uma comida gostosa, caseira);

“Pode entrar, aqui é igual coração de mãe”(coração grande, sempre cabe mais um);

“Ela tem um jeito mãe de ser”(um jeito amável, agradável).

Para filhos, mães não podem ser resumidas em substantivos femininos, em mulheres dedicadas que pariram. Elas podem ser isso, mas são muito mais. Mãe é mais do que uma analogia ao café da manha na cama, remedinho na hora certa, sopa dada na boca, ajuda na lição, segredo dividido, presentes dados… Ela é mais do que um substantivo concreto. Ela é abstrata. Ela é amor, esperança, fé, alegria. Ela é mais do que elogios, carinhos e conselhos. Ela não sente dor, não adoece, não cansa, não dorme. Mãe é verbo que cuida, repara, ajuda e devota. Para filhos, mãe nao é substantivo simples. Ela é composta. Ela é incondicional, perfeita, imperfeita. Ela é riso. Ela é choro. Mãe é clichê e mãe é mistério. Mãe é o paradigma do amor.

E desculpem, mas a melhor mãe do mundo é a minha e ela faz aniversário hoje.

PARABÉNSSSSSSSSSSSSSSSSS!

3 comentários:

lan disse...

Q lindooooo Irma!
Realmente eu concordo c vc!!!! Ela e a melhor mae do mundo todinho!!!!!
Manda esse texto p ela p ver se ela chora, pois eu choreiiiii
e vc e a melhor irma mais nova q alguém pode ter!!!
Te amooooooooooooo

lan disse...

Digo baby sis pois tenho 2 sis mais nova!!! Kkkk não faço diferença sou igual a Mae kkkk

zulim disse...

e vcs sao umas fofas!! A mae e as filhas!
Amo vcs!
beijos e parabens!